As manias (ridículas) de Kanye West

MEGA HITS
15/05/2020
PUB

É certo e sabido que Kanye West é um homem de manias e com um feitio "questionável". Mas agora, confirma-se que chega a ser insuportável.
Steve Stanulis, o ex-segurança do rapper e de outras celebridades, deu uma entrevista para o podcast Hollywood Raw e revelou que trabalhar com Kanye foi complicado, já que o ex-patrão tinha "algumas regras ridículas".

"Ele queria que eu mantivesse uma distância de 10 passos atrás dele, na rua. Obviamente, se alguém tentasse aproximar-se e fazer-lhe alguma coisa, até eu conseguir lá chegar e protegê-lo, já teria acontecido", disse.

Steve relembrou também como se conheceram: "Estávamos na fashion week e eu deveria ir ter com ele ao estúdio. Quando chegou, entramos no elevador e ele disse: 'Não vais carregar no botão do andar para onde vamos?' e eu respondi 'não faço ideia de que andar é. É o meu primeiro dia'. Foi então que começou a reclamar. 'Quer dizer que não ligaste antes para saber para onde é que eu deveria ir?'", contou.

"Eu respondi que não. E ele continuou a reclamar, nervoso. Foi então que lhe disse: 'Olha, podemos fazer isto de três maneiras. Uma, dizer-me qual o botão que devo carregar e assim, fico a saber. Duas, podes apertar o botão e assim eu vejo e sei qual é. Três, podes continuar aí o dia todo e dizer-me o quão importante é o teu tempo e não vamos a lado nenhum.' Esta foi a nossa primeira interação. Ele escolheu a primeira opção", lembrou.

Para Stanulis, Kanye foi uma das pessoas mais complicadas com quem trabalhou, sobretudo por causa dos paparazzi. "É impossível que os paparazzi não sejam chamados. Não é possível que todas as vezes que eles [Kanye e Kim] estão a sair, todas as pessoas saibam disso. De certeza que há alguém que liga para eles antes. É a minha opinião... ".